Release Date: 2010

Alzira E brinca com texturas sonoras e valoriza a poesia em novo CD

A busca pela inovação musical e a valorização da poética sempre marcaram a carreira e a linguagem singular da cantora e compositora Alzira E. Seu oitavo disco, Pedindo A Palavra, produzido pelo baixista Du Moreira, dá sequência a essa trajetória e consolida a fértil produção em parceria com o poeta arrudA, que assina os poemas musicados por Alzira.

Nos últimos cinco anos, Alzira E lançou três discos independentes com composições inéditas: Paralelas (2005), em parceria com Alice Ruiz; e Alzira E (2007) e agora Pedindo a Palavra, os dois em parceria com arrudA. Vale dizer que são realizações independentes mesmo, onde o comprometimento da artista é com a verdade da sua obra, sem amarras institucionais ou de mercado.

As dez músicas selecionadas para o repertório de Pedindo A Palavra criam unidade através de uma única sonoridade, gerada pelos fraseados dos baixos e desenvolvidas num diálogo das cordas – violão e baixo; como na escolha dos poemas, de versos diretos e fortes, sugeridos em refrões determinantes.

Todas as faixas são de Alzira E e arrudA, exceto por ‘Beijos Longos’, em que Jerry Espíndola se junta à dupla na composição. Também tem um diferencial a faixa “Caos”, com música e letra de Alzira, que traz arrudA numa intervenção, dando voz ao seu poema "À Parte".

Sob a direção musical de Alzira E, com arranjos de Du Moreira, o Cd contou com a participação especial de Luiz Waack (guitarra); dos bateristas Marcelo Effori, Curumin e Kuki Stolarski; e de Iara Rennó e Luz Marina nos vocais.

O artista gráfico Gabriel Marcondes assina a arte da capa e encarte, que traz fotos de Feco Hamburger.